Review | Duas de Mim

Thalita Carauta explodiu na TV nos idos de 2010 com suas participações no programa humorístico Zorra Total, principalmente no papel da personagem Janete. Desde então, sua facilidade em se dividir em várias personas e fazer graça foi muito explorada no programa. Apesar disso, Thalita nunca recebeu um grande papel no cinema ou em seriados televisivos, apesar de receber o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em O Lobo Atrás da Porta.

O reconhecimento nas telonas veio tarde, e a convite da diretora Cininha de Paula (Toma Lá Dá Cá e Pé na Cova), protagoniza o filme Duas de Mim. Nele, Thalita interpreta Suellen, uma cozinheira que se divide entre as rotinas de mãe, vendedora de marmitas e dona de casa. Sem poder dar conta do trabalho, do filho, da irmã mais nova e da mãe, ela tem o sonho de se dividir em duas. Eis que uma mágica fada madrinha aparece e realiza seu desejo.

A princípio, a ideia do filme parece interessante e quem já conhece Thalita Carauta crê que ela pode levar o filme sozinha até o final. Infelizmente, o roteiro pobre e atrapalhado pouco explora o talento de Thalita. Sua dupla Suellen até tem bons momentos, nitidamente a maioria no improviso, porém tudo necessita demais de sua veia cômica e o roteiro não sabe conduzir Thalita a momentos de comicidade.

O elenco de apoio é outro ponto fraco, numa comédia se faz necessário que os coadjuvantes sirvam não só para fazer rir, mas que também conduzam a protagonista a ter seus momentos. Sarelly, a irmã mais nova de Suellen, interpretada por Letícia Lima (Ninguém Entra Ninguém Sai), é a única que consegue interagir à altura com a protagonista, porém os momentos são raros e o potencial de Letícia – que já conhecemos do Porta dos Fundos – é pouco aproveitado. Latino incrivelmente não compromete, mesmo sendo seu primeiro papel em um longa, porém seu personagem Chicão também é fraco e seu romance com Suellen pouco convence.

Outro ponto que poderia ser mais explorado é a boa sacada do GranGourmet – uma imitação do Masterchef – mas é conduzido às pressas e sem cuidado, fica parecendo algo que poderia, e merecia, mais desenvolvimento, pois ainda consegue render algumas risadas. Duas de Mim é mais uma comédia do nosso cinema que passará esquecida.