Review | Kingsman: O Círculo Dourado

Matthew Vaughn parece ser um diretor criado para trabalhar com franquias. Surgiu em 2004 com Nem Tudo é o Que Parece – filme que praticamente deu a Daniel Craig o papel de James Bond – depois atingiu o estrelato com Kick-Ass (2010) e X-Men: Primeira Classe (2011). Aliás, a ausência do cineasta nas continuações destas produções também é (muito) notada, por isso, sua presença no novo Kingsman é algo a se comemorar.

Em Kingsman: O Círculo Dourado, acompanhamos Gary “Eggsy” Unwin (Taron Egerton, de Voando Alto) já estabilizado como um kingsman. Após diversos ataques a pontos estratégicos da organização secreta, ele é obrigado a seguir para os EUA e descobrir quem é o responsável pelo plano.

O Círculo Dourado consegue ser tão dinâmico e divertido quanto Serviço Secreto. Mesmo que seja demasiado longo – por se preocupar em atualizar o espectador de alguns fatos de seu antecessor – ainda assim cumpre seu papel de sequência e agrada bastante.

Boas cenas de ação, no estilão câmera giratória e música alta – não tantas quanto poderia ter e não tão boas quanto a cena da igreja – mas que também enchem os olhos. Tem espaço até para uma cena dramática com um personagem importante para o filme, muito bem dosada e que caso, fosse tratada de qualquer forma, poderia ter sido um tiro no pé. Inclusive, a continuidade deste personagem na trama também é cuidadosamente levada pelo roteiro.

As participações especiais e coadjuvantes trazem atores extremamente carismáticos que nos ganham já na primeira aparição. Destaque para Pedro Pascal e Elton John. Mesmo que a vilã de Juliane Moore esteja lá só para fazer valer o triunfo de nosso herói, seu plano “infalível” não é tão absurdo quanto o do vilão Valentine (Samuel L. Jackson) do filme anterior.

Matthew Vaughn sabe que a sensação de deslumbre pela novidade não existirá mais, por isso trabalha com aquilo que já era bom, sem abusar demais dos elementos de Serviço Secreto. Até se desapega de alguns e sabe acrescentar coisas novas, que provavelmente garantirão o futuro da franquia.